Como Superar um Fora: a comédia romântica peruana e feminista da Netflix

Com o título original de “Soltera Codiciada” (“solteira cobiçada”, em tradução livre do espanhol), Como Superar um Fora trata de temas delicados – como término de relacionamento e machismo –, mas de forma leve e divertida. A comédia romântica é uma produção original Netflix, de origem peruana.

Maria Fe (Gisela Ponce de León), uma mulher próxima aos trinta anos de idade, acaba de levar um fora de seu namorado de anos – e, pior, pela internet. Depois de passar pelos vários estágios sentimentais do pós-término, a publicitária decide, com o incentivo das amigas Natalia (Karina Jordán) e Carolina (Jely Reátegui), criar um blog pessoal e contar suas distintas – e raivosas – observações sobre o amor.

Imagem: divulgação

Com o roteiro de uma mulher, María José Osorio, e dirigido pela dupla Bruno Ascenzo e Joanna Lombardi, o filme faz uso de uma linguagem moderna (com inúmeras referências a termos famosos da internet e das redes sociais), e acerta em cheio no desenvolvimento de seus personagens. Maria Fe, ainda que uma típica figura de comédias românticas, de jeito inseguro e atrapalhado, é também uma mulher bastante sensível e consciente de si.

O ponto forte do enredo de Como Superar um Fora está na capacidade de resiliência de sua protagonista. Mesmo que Fe ainda insista, por um tempo, no desastroso relacionamento com o ex-namorado, ela mostra-se uma mulher muito mais sábia do que qualquer um dos homens de sua vida – incluindo o seu chefe, uma pessoa horrível; machista, homofóbico e racista, escondido sob a fachada de alguém “moderno”. O longa-metragem também conta com a participação do popular ator mexicano Christopher Von Uckermann, no papel de um fiel amigo de Maria Fe.

Imagem: divulgação

No final das contas, a mensagem que a produção peruana pretende passar é bastante empoderadora. Com doses de um humor latino-americano inconfundível, o filme é, de fato, uma comédia engraçada – uma vez que tira sarro de opressões comuns do dia a dia, e é regado de sacadas inteligentes.

Dessa forma, Como Superar um Fora revela-se uma releitura inédita de uma história há muito batida. Esse caminho, de modernizar (de verdade) a fórmula das comédias românticas, parece ser o ideal para evitar que piadas de cunho machista, homofóbico e etc. preencham a maior parte do tempo de tela. Uma ótima pedida, para quem procura por algo leve e despretensioso.

Imagem: divulgação

 

Ficha técnica

Direção: Bruno Ascenzo, Joanna Lombardi

País: Peru

Ano: 2018

Elenco: Gisela Ponce de León, Karina Jordán, Jely Reátegui

Gênero: Comédia, Romance

Distribuição: Netflix

 

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta