5 clipes musicais cujas histórias dariam filmes interessantes

Com a enorme quantidade de remakes que tem dominado Hollywood, a produção de roteiros cinematográficos originais tem sido rara. Por isso, quando histórias nunca antes contadas, ou pouco exploradas, aparecem em tela, sua repercussão tende a ser mais significativa – principalmente na internet.

O cinema, como um todo, carece de filmes (sejam curtas ou longas-metragens) que abordem questões emergentes ou ainda vistas como tabus. Afinal, é através da arte que certas discussões e mudanças sociais começam a acontecer. Pensando em temas excluídos ou tratados superficialmente, selecionamos 5 clipes musicais que dariam ótimos roteiros de cinema. Tem personagem LGBT, amizade entre mulheres, ficção científica e até mesmo caixa de leite animada. Confira abaixo!

 

1. We Exist – Arcade Fire

Em 2014, a famosa banda de indie rock lançou, na internet, o clipe de sua música We Exist. Protagonizado por Andrew Garfield, o vídeo de Arcade Fire mostra a solidão de uma travesti, que, enquanto dança com um homem em um bar, é brutalmente agredida por um grupo de LGBTfóbicos.

Por mais polêmica que a atuação de uma pessoa cisgênero, como Garfield (que identifica-se com o sexo biológico), tenha sido, a história do clipe é extremamente importante. Além disso, o simbolismo contido na produção traz profundidade ao sofrimento da personagem. We Exist daria um ótimo roteiro de filme de drama.

(Fonte: YouTube/ Arcade Fire)

 

2. Telephone – Lady Gaga & Beyoncé

Com referências ao clássico feminista Thelma & Louise (1991), as personagens de Lady Gaga e Beyoncé são duas fora-da-lei que buscam por vingança. Após sair da cadeia, Gaga parte com sua parceira Honey Bee (nome dado à intérprete de Single Ladies no clipe). Logo, a perigosa dupla envenena um homem e resolve fugir. Disso, poderia nascer um filme de ação empoderador, não acha?

(Fonte: YouTube/ Lady Gaga)

 

3. Coffee and TV – Blur

Coffee and TV mostra as desventuras de uma caixa de leite pela cidade. O objeto personificado e simpático procura por uma pessoa, cuja foto, de “desaparecido”, está estampada na lateral do papelão. Dessa forma, a caixa carismática encontra outras embalagens amassadas e em latas de lixo – transformando sua busca em um pesadelo. Se você já assistiu à animação Festa da Salsicha (2016), não será difícil imaginar um filme sobre esta caixa de leite.

(Fonte: YouTube/ Blur)

 

4. Talk – Coldplay

Com uma pegada de ficção científica dos anos 50, Talk traz os integrantes do Coldplay em um novo (e fictício) planeta. Logo que pousam no solo desconhecido, os personagens humanos encontram um robô quebrado (e sem origem especificada). Com a intrigante descoberta, os membros da nave espacial põem óculos 3D e decodificam o conserto do objeto. Mas, o que parecia ser algo fascinante aos astronautas, torna-se assombroso.

(Fonte: YouTube/ Coldplay)

 

5. A Bailarina e o Astronauta (versão do EP) – Tiê

Antes mesmo de lançar seu primeiro álbum de estúdio (Sweet Jardim), a paulistana Tiê havia gravado um videoclipe da canção A Bailarina e o Astronauta; que, mais tarde, seria regravada e relançada em Sweet Jardim. A primeira versão da música pertence ao EP de Tiê, e é mais acelerada do que a do álbum. Assim, o clipe acompanha a história de uma bailarina que se apaixona por um astronauta, recém-chegado de algum lugar. A melodia romântica e doce da canção poderia inspirar uma poética animação. O que acha?

(Fonte: YouTube/ tiemusica)

 

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta